Feito histórico

Consegui aguentar todo um casamento com os sapatos de salto fino. Sinto-me uma senhora adulta e que este foi um marco importante que superei.

Ainda assim, não arrisco a usá-los no dia a dia, na calçada portuguesa. Às vezes, mesmo com sapatos rasos, já acho que vou cair.

Já agora, os sapatos são, se não estou em erro, os Clarks Arista. O salto é de 5 cm (em alguns sites indica 7cm, mas acho que não corresponde). Agora não estou a encontrar no site da Clarks, mas acho que este modelo faz parte da colecção permanente.

Entretanto, na Clarks

Hoje passei por lá e estão com saldos… no calçado de Inverno.

O que não é totalmente descabido, nestas alturas arranjam-se grandes pechinchas para a próxima estação, vi uns botins giros a um preço bem jeitoso. Mas não estava para aí virada.

Aproveitei foi a promoção de 2 pares a 40%, mais um vale de 10€ que tinha. O Mr IT foi lá comprar uns sapatos de trabalho e eu entrei na festa por causa dos 40%. Não, não precisava de mais sapatos. Mas o preço ficava muito em conta, e o sapato é muito clássico para trabalhar.

O modelo foi o Weslee Napa:

Não tinha sapatos fechados em camel, e até na meia estação vai dar para usar. E tem aquela palmilha acolchoada maravilhosa no calcanhar.

Ainda estive a olhar para modelos de salto mais alto, mas os que tinham salto alto e largo não eram muito bonitos. Acho que fiz uma boa escolha 🙂

 

Perdi a cabeça

Esgotei ontem o meu orçamento para saldos em coisas que não estavam em saldos.

Primeiro, estas sandálias da Clarks. Já há algum tempo que queria arranjar umas sandálias tipo plataforma, mas ou não encontrava nada bonito nas lojas de sapatos das quais sou cliente (tipo Hush Puppies, cuja colecção de Verão está incrivelmente pirosa este ano), ou ia a lojas de roupa e os sapatos simplesmente não me assentavam bem.

Foi a primeira vez que entrei na Clarks do Colombo, ia lá só para ver o que havia, mas quando calcei estas sandálias decidi largar logo ali o dinheiro. São inacreditáveis, parece que estou de pantufas. Quando houver saldos nesta loja, vou ver se me sobraram tostões para dar uma vista de olhos.

Mas esta foi a segunda compra. Porque antes tinha tido uma total compra de impulso na Rockport:

Depois do fiasco dos Pumps Nude, ia a passar na Rockport para ver sandálias e vi estes. Experimentei. E foi a compra por impulso no seu expoente máximo.

Eles magoam-me um pouco à frente, porque a pele ainda não cedeu, portanto ainda vou ter que os usar bastante em casa para alargar. Mas são super estáveis, tenho andado e não tive ainda nenhum momento quase esbardalhanço, o que em mim é um feito absolutamente inédito – relembro que nunca usei stilettos sem me espalhar.

Falta apenas saber se consigo usá-los na calçada portuguesa.

E sim, tenho que fazer um post sobre o meu problema com o consumismo, porque eu tenho mesmo um problema, qual Isla Fisher no Louca por Compras. Vá, ainda não estou absolutamente endividada nem a pagar juros. Ainda.