Resumo da minha vida

A minha nova cachorrita ainda não faz todos os xixis e cocós no sítio onde é suposto, o que é perfeitamente normal. Quando acordo de manhã, ligo todas as luzes de casa e faço a inspeção para perceber se há algum reflexo de xixi para enxaguar e um cocó para apanhar e depois limpar.

Hoje de manhã. enquanto estava na casa de banho, estranhei ela não estar comigo e não estar a ouvir barulho nenhum. Fui espreitar à sala e vi-a a fazer um cocó relativamente perto do sítio onde é suposto. Deixei-a estar, quando acabasse ia lá apanhar, e voltei ao wc.

Passam mais alguns momentos e nem sinal dela. Finalmente ela surge, mas ainda em posição de cocó. Ao que eu penso “mas queres ver que a miúda está com uma dor de barriga do outro mundo”. Afinal era apenas um cocó preso por um fio de cabelo meu, que portanto nunca mais sairia sem a minha assistência. Tiro o cocó, vejo-a a esfregar o rabo no chão e a deixar um pequeno rasto. Limpo-lhe o rabo e o rasto.

Neste momento, vem-me aquela sensação de desgraça eminente, e vou ver como está a sala.

Tinha portanto um rasto de cocó de uma ponta à outra da sala, porque ela foi arrastando o rabo para se livrar do cocó preso por um fio de cabelo até eu a ver na casa de banho.

Que bonita forma de começar o dia.

3 thoughts on “Resumo da minha vida

  1. Desculpa admitir que me ri mas é que já me aconteceu parecido e consigo mesmo imaginar o cenário…Loolol #staystrong

    1. Não dá para fazer mais nada senão rir! Lembro-me bem das histórias com o teu gato, isto é mais ou menos a mesma coisa, mas nunca tão dramático como este comboio de cocó 😀

  2. Fogo, isso é tão chato 😱
    Pensamento positivo: qualquer dia está a fazer tudo no sítio e já nem te vais lembrar destes acidentes iniciais 😃 hehehe
    Boa sorte 😘🐶

Deixar uma resposta