Após um ano à procura

Encontrei uma boa mala a tiracolo.

Queria algo que fosse:

  • Espaçoso – conseguir levar a minha carteira e o meu guarda chuva em simultâneo, por exemplo. Não fazem ideia da quantidade de malas que vi onde a minha carteira ocupava o espaço todo.
  • Que não tivesse correntes como alça – desculpem, mas não gosto de correntes, sejam elas douradas ou prateadas, acho piroso.
  • Que não custasse 690€ 😐
  • Que tivesse um aspecto mais clássico – rectangular e sem mariquices como tachas, aplicações estranhas, etc.
  • Que o fecho não fosse de fivela – muitas das malas mais clássicas não tinham alternativa de fecho magnético.

Andava farta de correr marcas à procura de algo que encaixasse nestes requisitos, e já estava convencida que ia passar mais uma estação sem que surgisse nada de jeito. Ainda tinha chegado a ver algo na Accessorize, mas era caro para a qualidade que tinha. Não ia gastar 50 euros numa mala que já sabia que, ao fim de 1 ano de uso, ia estar com os cantos gastos e a rasgar-se.

Ia hoje no Colombo, meia perdida (eu, que vou com bastante frequência ao Colombo, descobri um corredor onde NUNCA tinha estado), quando passei pela Made In. Nem estava a pensar entrar, mas por acaso olhei para uma das prateleiras.

E foi aí que a vi!

luke800g_port_1

ELA EXISTE E FOI O DESTINO 😍

Comecei logo a mexer, a abrir para ver as dimensões por dentro, e à procura do preço. O material é o mesmo das galochas Cubanas,o que é óptimo para os dias de chuva que temos tido, e em versão mate.

Custa 69,80€, por acaso a loja estava a fazer 10% em todas as malas (wow, desconto gigante 😒). Disse logo à empregada da loja “vou levar”.

A única dúvida que tive foi sobre a cor, tive de ver a preta só para ver se gostava mais que a bordeaux – que, na foto acima,parece mais castanha que vermelha, mas garanto que é vermelha escura. Não gostei tanto, trouxe a bordeaux.

A única coisa que não me deixa 100% feliz é o facto de a estrutura não ser mais rígida – é o tipo de mala que, se não estiver cheia, vai-se abaixo. Mas como não é pele, não estou muito preocupada em manter a forma, o plástico não se estraga por estar numa posição menos correcta. Para além disso, vai andar sempre cheia.

Senti aquela sensação de dever cumprido. Já vou usá-la amanhã e nos próximos tempos, embora ache que vai deixar de chover 😏

One thought on “Após um ano à procura

  1. Também andei a procura DA mala para as minhas corridas e treinos. No entanto, tive mais sorte que tu e encontrei-a a 44,99€… quanto a marcas, recomendo-te a procurares da helly hansen, que geralmente têm coisas muitos boas! Geralmente coisas caras, mas relação preço/qualidade fantástica… claro que a Sra.Saltos não acha piada, mas pronto.
    ~Sr.Ténis

Deixar uma resposta