Ter um caderno para escrever

Eu sou aquela pessoa que quer muito ter um caderno bonitinho para escrever parvoíces que me vêm à cabeça, listar coisas desde tarefas diárias a wishlists, etc. Já tentei inúmeras vezes alguns sistemas, em que aquele gostei mais foi mesmo o Filofax, por poder organizar as folhas à vontade por temas, mesmo à posteriori. O meu é literalmente igual a este:

Problema: um filofax pequenino e com poucas folhas pesa horrores para andar na carteira, quanto mais com a capacidade total de papel, e as folhas acabaram por ser demasiado pequenas para escrever confortavelmente. Estamos a falar de alguém que tem uma letra horrível e de homem, e que pega não da forma mais correcta na caneta. As folhas eram bem mais pequenas que o tamanho A5, para lá escrever tinha que as tirar individualmente e colocá-las numa mesa ou algo do género para ter a mão firme. Tentei várias vezes o sistema do filofax, mas desisti de todas as vezes.

Adicionalmente, detesto tudo o que seja planner ou tenha uma impressão mais rígida e com limite de espaço. sou muito verbosa e com péssima letra, geralmente dá cocó quando quero descrever pontos do meu dia nessas agendas. E, para marcar eventos, estou perfeitamente feliz com o Google Calendar.

Nos últimos dois anos, tenho tentado orientar-me mais com o digital. É-me mais natural começar a escrever alguma coisa no computador, já que passo a maior parte do meu dia com um nas mãos. E é mais prático na medida em que não ando com algo físico atrás, e consigo “colar” fotografias e imagens sem ter de andar a fazer recortes e imprimir coisas. Volto a frisar, o meu jeitinho para artes manuais é nulo, quiçá negativo. Não se aproveita nada. Gostava muito de ter cadernos todos bonitos, mas já sei que comigo não dá, e acabo por me render à atitude “isto não tem de ser bonito, tem de ser é funcional”.

E assim tenho andado, a apontar tudo o que é tarefas e lembretes no Google Keep, artigos interessantes e dados importantes no Evernote, e coisas que encontro no trabalho para ler em casa no Pocket. Aliás, o Pocket também uso para guardar links que acho que vou revisitar em breve. A nível de pensamentos pessoais, tenho usado mais o blog, onde cheguei a fazer um exercício de “brain dump” numa crise de ansiedade ou, como lhe gosto de chamar, uma regurgitação emocional, mas acho que a própria situação de expôr aqui esse nível de mal funcionamento mental me dá ansiedade.

No início desta semana, vi este post sobre alguém que usa um sistema de cadernos para reduzir a ansiedade. Isto numa semana em que eu própria estive com um pico de ansiedade que nem sei bem a causa.

Resumidamente, no post o senhor fala que passou de um Franklin Planner (que é uma coisa estilo Filofax) para um Midori Traveler’s Notebook. Que é, basicamente, um bocado de pele como capa que leva caderninhos lá dentro presos por elásticos.

travelers-notebook-brown-7

No post, ele detalha que usa um sistema de autocolantes para se motivar a completar tarefas, desde coisas de trabalho a lembrar-se de fazer refeições regulares (o senhor sofre de um nível de autismo, SPT e consequente OCD). Eu não chego ao nível de autismo e OCD, mas revi-me em algumas coisas no post, como o chegar a horas significa para mim estar no local 10 minutos mais cedo no mínimo. O próprio acto de passar as minhas preocupações para um papel / cá para fora tem potencial para aliviar a minha ansiedade geral.

Então pensei: se calhar, consigo ter dois ou três cadernos destes, um para notas diárias sobre níveis de ansiedade (tipo planner), outro para notas avulso / brain dump, e outro para coisas positivas, tipo wishlists, letras de músicas (que era algo que eu fazia nos meus tempos de adolescência) e outras coisas que me apeteça registar. E depois acrescento coisas conforme for usando o sistema.

E pronto, tudo isto foi algo muito por impulso, mas acabei por ceder e fui ao Etsy comprar uma capa e dois cadernos. Agora é esperar que cheguem, em que pus a morada de entrega a do escritório e eu vou de férias para o Porto a meio da próxima semana, portanto só lá para Setembro é que inicio o sistema. Espero que consiga levar isto a eito, ao contrário das outras tentativas anteriores. E continuo a usar as ferramentas de organização que uso actualmente, porque organizada já sou que chegue sem precisar de suporte de papel.

Deixar uma resposta