Hoje faz 4 anos que me mudei para Lisboa

Embora a primeira noite sozinha na “casa nova” foi mesmo de 1 para 2 de Abril (domingo), tendo na sexta e sábado anteriores ficado em casa da minha irmã.

Comecei a trabalhar a dia 2 de Abril de 2012, e o sítio onde fiquei a morar era a 5 minutos a pé do local de trabalho. Nesse aspecto era incrível.

Aluguei um quarto por 260€ – acho que tenho dito a toda a gente, de há uns anos para cá, que aluguei por 360, mas não me faz muito sentido esse valor, agora que penso. Naquela casa estavam a morar 8 pessoas, a maioria estudantes de Erasmus. Imaginem o Texas que era aquela casa.

Lembro-me muito bem do pânico quando, depois do almoço de domingo, os meus pais se foram embora para o Porto e eu fiquei finalmente em casa, sozinha. O pânico de estar por minha conta, e o pânico de começar a trabalhar no dia seguinte. Como um baque surdo dentro de mim e que me deixou sem saber o que fazer naquelas horas antes de ir dormir.

Não imaginava que dois dias depois me iriam dizer que ia para Angola, nem que toda uma sequência de eventos me levaria a conhecer o Mr. IT uns meses depois, em Luanda.

4 anos depois, já não sinto que o Porto seja a minha casa, nem Lisboa. Quer dizer, a minha morada fiscal ainda está lá em cima. Mas, emocionalmente, estou no limbo desconfortável, não sou nem de um lado nem de outro.

Mas é indiscutível que a minha vida deu uma volta gigante neste período. Acho que para bem.

Deixar uma resposta