Nem tudo é mau – Rockport, sapatos e sentido da vida

E neste fim de semana consegui ir ao Outlet de Vila do Conde, esse mar de coisas e pessoas estranhas mas onde por vezes se consegue encontrar óptimos negócios.

Foi o caso da Rockport, onde nunca tinha conseguido encontrar sapatos de jeito em outlet, mas neste fim de semana consegui ser feliz com dois pares. Um deles nos quais já estava de olho há uns meses, e outros que serviram para substituir uns que já tinham a sola a desfazer-se.

Vamos aos primeiros. Em loja a um módico preço perto de 120€, e eu consegui-os por 45€.

SS14_W_V77308_TM45MMMHPLAINPUMP_MAIN

O mítico sapato nude, mas desta vez com um salto usável pela minha pessoa no dia a dia (relembro os pumps que adoro mas só usei em duas ocasiões até agora). A menos de metade do preço. Felicidade é isto, senhoras e senhores.

O outro par não estou a conseguir encontrar fotografias, mas são parecidos com estes:

SS16_W_V78528_TMHW20TIEDBALLET_MAIN

Só que cinzentos em vez de toupeira, em pele em vez de camurça, e sem aquele efeito elástico. Umas sabrinas básicas, portanto, com laço à frente, num cinza claro. O forro da sola é todo fofinho, e vai ser uma alegria calçá-los. Só falta ficar bom tempo. Estes custaram-me 40€, em que o preço original da etiqueta é de 80 e tal.

No caso das sabrinas não tenho a certeza do preço original, pois foi um modelo que vi pela primeira vez no outlet (havia em cinza, rosa pálido e preto). No caso dos sapatos nude, já os tinha visto e experimentado na loja do Colombo, e confirmo que custam normalmente perto de 120€. Digo isto porque, como sabemos, muitas vezes os outlets inflacionam o preço original nas etiquetas para nos fazer pensar que estamos a fazer mega negócio… só que (muitas vezes) não.

Agora, para a felicidade ser completa, só falta mesmo o tempo deixar de ser cocó e abrir o sol de vez.

Deixar uma resposta