E o calor que esteve? O calor e o sonambulismo

Ontem, apesar de estar por cá mais fresco, tinha o calor todo entranhado em casa. Não consigo dormir com as janelas abertas por causa do barulho dos aviões a partir das 5h/6h da manhã, portanto só tive as janelas da sala abertas.

Eu virava-me, eu destapava-me, nada desta vida. Acordei a meio da noite com a fronha da almofada encharcada em suor, e meia a dormir tirei a fronha da almofada, com o objectivo de ir buscar outra. Óbvio que adormeci a meio do processo e nem me lembro muito bem para onde atirei a fronha ao certo.

Acordei algum tempo depois, vi que estava não só sem fronha na almofada como também com uma perna do Mr IT em cima de mim. Mais lúcida, fui sacar a fronha e voltei a pô-la na almofada, mas aterrei logo a seguir. Mr IT, sempre perspicaz, pergunta se está tudo bem enquanto estou a debater-me para enfiar a almofada dentro da fronha. “Claro que está homem, vai lá dormir”, embora ele também estando para lá de Bagdad.

A questão é que neste pára arranca de sono não se descansa nada de jeito. Enfim, o que vale é que hoje já está mais fresco… Apesar de haver previsões para o calorão voltar em breve. Ninguém merece.

Deixar uma resposta